Massaranduba

Novidades

 Verde é Coisa Séria

A Amanco, um dos líderes mundiais em tubos e conexões, já nasceu com a preocupação pelo meio ambiente em seu DNA. Tanto que seu fundador, Stephan Schmidheiny, foi um dos precursores do conceito de desenvolvimento sustentável em todo o mundo. Por isso, desde que iniciou suas atividades, a Amanco mantém todas as suas operações e o seu relacionamento com a sociedade apoiados no princípio de sustentabilidade. A missão da Amanco baseia-se na ética, ecoeficiência e responsabilidade social em todas as atividades desenvolvidas pela instituição. Por isso, a preservação do meio ambiente e a conscientização da sociedade são pontos fundamentais e integrantes na sua estratégia de negócios. “Toda atuação da empresa é sustentada pelo conceito de triplo resultado: econômico, social e ambiental. Ou seja, toda e qualquer ação/produto desenvolvida pela Amanco deve apresentar vantagens econômicas, oferecer benefícios para a sociedade e primar pela preservação e sustentabilidade do meio ambiente”, diz Regina Zimmermann, gerente técnica da Amanco do Brasil. “Assim, para edificar sua estratégia, interna e externamente, a Amanco desenvolveu e tem colocado em prática diversas iniciativas para a preservação do meio ambiente. Dentre elas, a implementação de modelos ecoeficientes em todas as suas fábricas, promoção de eventos para debate e exposição de soluções de temas importantes para a sociedade como a situação dos recursos hídricos no Brasil e no mundo e publicação de revista especializada no tema água. Para estruturar todas essas iniciativas, a Amanco estabeleceu sistemas que objetivam organizá- las e mensurar seu impacto na sociedade e no meio ambiente. Dentre eles: - Indicadores de ecoeficiência: mensuram o grau de economia e melhoras decorrentes de programas de ecoeficiência; - Sistema de gestão ambiental: programa interno da empresa para controle e organização das medidas em prol da preservação do meio ambiente. Esse sistema da Amanco possui a certificação ISSO 14001; - PROSAMA (Programa de Saúde, Segurança e Meio Ambiente): A ecoeficiência é um dos pilares do modelo de desenvolvimento sustentável da Amanco Brasil. Esse conceito une a eficiência econômica e a eficiência ecológica e resulta de um esforço corporativo para produzir mais e melhor com o uso de menos insumos e com o menor impacto ambiental possível, mantendo a qualidade dos produtos e dos serviços.

Na Amanco Brasil, o compromisso com a ecoeficiência é renovado a cada dia e serve de estímulo para que toda a organização busque combinar o bom desempenho nos negócios com a contribuição efetiva para manter a capacidade de sustentação do planeta. Um dos recursos mais importantes no modelo de ecoeficiência da Amanco Brasil é o seu Sistema de Gestão Ambiental, que possui Certificação ISO 14001, permitindo à empresa ampliar o grau de conhecimento sobre os impactos ambientais de suas operações e definir parâmetros necessários para a adoção de medidas de aperfeiçoamento. Outro ponto importante dentro do sistema de gestão ambiental são os indicadores de ecoeficiência, que consolidam resultados dos indicadores de consumo de energia, água, matéria-prima, geração de refugo e desperdício. Os ganhos por ecoeficiência são computados, o que faz com que as metas sejam sempre desafiadoras e que investimentos que proporcionem a melhoria do desempenho ambiental sejam priorizados. Quando melhorias realizadas não são mais impactantes no desempenho, é o momento de “ecoinovar”, acrescenta a executiva. Como parte desse esforço, a companhia tem promovido diversas iniciativas que elevam seu processo produtivo a novos patamares de ecoeficiência, como gerenciamento de resíduos, matérias- primas e insumos, ações para aumentar a eficiência do consumo de água por meio da reciclagem, diminuição do volume de descarga de efluentes líquidos, redução do consumo de recursos naturais, aumento do uso de fontes renováveis de energia e eliminação de desperdícios. Desde o ano de 2001, a Amanco Brasil acumulou economias por ecoeficiência de aproximadamente US$ 1,6 milhão no processo de extrusão e reduziu o consumo de água para uma terça parte do inicial. Transparência A Amanco promove a transparência no setor da água na América Latina através da assinatura de um acordo de transparência em licitações públicas.

No Brasil, a meta é que o acordo seja assinado em 2008. Além disso, a empresa publica relatórios de sustentabilidade apresentando, aos públicos com os quais se relaciona, uma prestação de contas quanto aos aspectos social, ambiental e econômico. Iniciativas para preservação do Meio Ambiente A atividade da Amanco é classificada pelo Ibama como de baixo impacto ambiental. A empresa mantém estações de tratamento de efluentes para a água que normalmente seria desperdiçada e acaba sendo redirecionada para atividades de irrigação, por exemplo. A empresa conta com um programa de redução de ruídos nas fábricas e nas vizinhanças e utiliza apenas insumos ambientalmente corretos em todo o processo de fabricação dos produtos. Ela substituiu os estabilizantes à base de Pb (chumbo) por CaZn (cálcio zinco), os pigmentos inorgânicos à base de metais pesados por pigmentos orgânicos e o tolueno por solventes de menor impacto. A companhia possui também programas de coleta seletiva e gerenciamento de resíduos em todas as suas unidades fabris. Isso faz parte da busca da Amanco por ações inovadoras e por um monitoramento minucioso dos impactos gerados ao meio ambiente. Em 2002, por exemplo, a empresa colocou em prática um Sistema de Gerenciamento de Resíduos Integrado com a formação de comitês internos para a implementação da coleta seletiva dentro da visão de reuso, reciclagem e redução da geração dos resíduos.

Veja também